slider_01

 

 

Nada mais importante do que poder contar com o apoio de pessoas que passaram por situações semelhantes.

Veja o bate-papo de duas mães com filhos que gaguejam e como o acolhimento, junto com a informação, podem fazer a diferença…

MÃE, você não está sozinha!

 

 

4 de abril de 2015

Dani Nascimento: Tenho uma filha de dois anos e 6 meses que há uma semana, do nada, passou a gaguejar. Ela aprendeu a falar muito cedo e sempre pronunciou as palavras de forma correta, porém agora quando vai perguntar algo ou explicar, logo na primeira palavra ela gagueja e repete a palavra umas 4 vezes. Estou com medo que isso piore e estou assustada sem saber o que acarretou isso, se vai passar, se é fase e como tenho que lidar com isso. Por favor me ajudem, sou totalmente leiga nesse assunto. Desde já agradeço.

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Realmente é muito difícil para nós, mães e pais, lidarmos com o sentimento e a frustração de vermos nosso filho sofrendo ou com alguma dificuldade. Eu sou mãe de três filhos e já passei por isso algumas vezes… Minhas duas filhas também tinham uma fala perfeita até a gagueira aparecer. No nosso caso, muito provavelmente devido ao histórico familiar. No entanto a genética não está presente em 100% dos casos. Muitas vezes não conseguiremos identificar os fatores causais… e isso pode ser ainda mais frustrante. O primeiro passo é não se culpar pelo que está acontecendo e buscar ajuda especializada. Mas algumas dicas e textos podem ajudar bastante. Em português você vai encontrar coisas bem interessantes no ‪www.abragagueira.org.br e www.gagueira.org.br. Em inglês você terá acesso a livros, DVDs e dicas maravilhosas no ‪http://www.stutteringhelp.org/content/parents-pre-schoolers. Além de todas as dicas que você irá ler nesses site, eu considero que o essencial também é ACOLHER os nossos filhos quando eles estão sofrendo. Se a criança estiver gaguejando muito, fazendo força pra falar, desistindo, ficando triste, chateada… vale a pena conversar com ela sobre isso. Falando por exemplo, “a mamãe está percebendo que algumas vezes está difícil para você falar…. não tem problema… você está aprendendo…você tem todo o tempo do mundo pra falar… eu estou aqui para te ouvir”.

 

5 de abril de 2015 23:52

Dani Nascimento: Daniela, boa noite! Estou te adicionando pq acho que se vc nao se incomodar aqui posso tirar um pouco mais das minhas dúvidas e compartilhar a minha insegurança com vc que é bem mais experiente que eu. Espero que me aceite e que possas ajudar essa mãe desesperada. Bjos

 

6 de abril de 2015 12:21

DANIELA ZACKIEWICZ: Dani, tudo bem? Em que cidade vc reside? Vamos fazer um grupo em Jundiai nessa 4a a noite e no sábado de manhã para pais de crianças que gaguejam entre 2 e 5 anos. Vc quer participar?

 

Dani Nascimento: Oi Dani. Eu moro longe

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Ah… Que pena… Pensei em vc hoje…

 

Dani Nascimento: Sou de Olinda Pernambuco. Infelizmente pois queria muito participar. Vc nem imagina o tamanho da minha angustia. Pra vc ter ideia tive uma crise nervosa ontem. Depois que ela dormiu. Pq passei o dia todo vendo ela gaguejar e segurando o choro. Quando ela dormiu eu desabei. Pq não me conformo…

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Vc conversou com ela?

 

Dani Nascimento: Ainda vai fazer uma semana proxima quarta feira que ela começou a gaguejar. Mas acho que piorou mtooo em poucos dias. Não falei nada pq ela só tem 2 aninhos. 2 anos e 5 meses. Achei que não devia fazer com que ela se desse conta. Apesar de que percebo que ela já notou. Nao quando gagueja. Mas quando trava ela baixa o olhar. Corre pra me abraçar. Falar no meu ouvido. Coisas assim. Nos artigos que eu li daqueles que vc me mandou vi eles falando que a gente tem que agir naturalmente porque eles assim tão pequenos não tenham a noção. Hoje pela manhã ela tava gaguejando muito pouco. Já agora que tá indo pra escola, se arrumando… já tá sem pronunciar quase nada sem gaguejar. Travando tudo. So quando canta que sai tudo perfeito. Aii Dani.. Minha vontade é so chorar e chorar. Quero muitoooo que isso seja apenas uma disfluencia… Ou algo passageiro…. Dani.. Minha maior dúvida é: É normal, é comum a criança ser muito fluente, falar tudo e DO NADA isso aparecer? E piorar tanto em apenas 1 semana?

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Dani, a gagueira pode aparecer assim de uma hora pra outra. E em 80% das crianças vai desaparecer no máximo em 6 meses. Mesmo nas crianças que gaguejam muito…. pode desaparecer sozinho. O que eu sempre aconselho é conversar com a criança sobre isso. Não tem sentido fazer de conta que nada está acontecendo, principalmente quando a criança já está percebendo. Quando ela cai, ou se machuca, a gente vai logo abraçar… falar que não tem problema…. e porque nesse momento ninguém acolhe??? Isso, na minha opinião, pode gerar muitas incertezas na cabeça dela…. A gagueira vai variar bastante de um dia para o outro. Nos dias em que ela estiver pior, priorize atividades onde não seja tão importante falar…. Pode brincar de massinha, de esconde-esconde, de desenhar, assistir um filme, contar uma história…. E você pode ajudar falando um pouco mais devagar com ela… mais pausado… assim ela vai saber que pode demorar mais para falar também. Eu sei que nada vai fazer o seu coração se tranquilizar nesse momento…. mas saiba que ela VAI melhorar. E, mesmo que ela tenha gagueira para o resto da vida, ela vai fazer uma terapia e aprender técnicas para falar mais suavemente….. Os tratamentos evoluíram muito e hoje em dia, ser gago não é mais sinal de sofrimento. Conte comigo sempre! bjosss

 

Dani Nascimento: Muito bom tudo o que vc me disse Dani… Esclareceu muitas dúvidas. Isso mesmo dessa variação de uma dia estar bem melhor e no outro bem pior é que me deixa angustiada. Tenho feito exatamente isso… Quando vejo que a dificuldade dela em falar aumenta, invento logo algo mais calmo pra fazermos. Sento com ela pra pintar… Vamos ver tv. Só que ela era muito tagarela, na verdade é ainda né.. Mesmo tendo dificuldade pra falar ela nao se rende, fala pelos cotovelos rsrsrs. Acabei de chegar da escolinha dela, deixei todos cientes da situação e passei as orientações da pediatra pra elas. Dani, a pediatra me pediu para esperar alguns meses que a tendência é isso desaparecer, daí disse que se daqui a uns 3meses ela não tiver melhor ou se tiver piorado cada vez mais aí eu marcasse uma fono. Mas como leiga que sou e mãe de primeira viagem e super nervosa não quero esperar tudo isso, quer marcar pra ONTEM. Vc acha necessario fazer isso logo agora ja que só faz uma semana? Qual a tua opinião? Bjos

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Dani, pode marcar sim… acho que as vezes vale muito a pena para vcs poderem conversar sobre o assunto, diminuir a ansiedade e aprender a lidar com a situação. O profissional especializado irá fazer uma anamnese e junto com vocês identificar se há fatores que possam indicar uma chance maior de ser uma gagueira do desenvolvimento. Mas é preciso consultar um fonoaudiólogo que esteja atualizado sobre a gagueira.

 

Dani Nascimento: Realmente não sei se é a especialidade dessa fono que me indicaram. Comentei o problema com uma mãe quando tava na pediatra e ela me deu o telefone dessa. Disse que atendia as filhas gêmeas dela e que era excelente porém não sei se as filhas dessa mulher tem esse problema

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Precisa ser especializada mesmo. Senão é melhor esperar. Liga e conversa com ela. Pergunte sobre a linha de tratamento, os autores que ela segue e daí vc pesquisa sobre isso. Algumas fonos ainda trabalham com linhas terapêuticas muuuuuuito ultrapassadas, considerando a gagueira como uma coisa psicológica. Outras consideram como um problema causado pela família….. bem complicado…

 

Dani Nascimento: Vc é fono é? Eu sou totalmente leiga nisso tudo. Ate fiquei pensando nisso que ela tinha ficado assim pq eu e o pai dela nos separamos pq eu tava meio impaciente. Nossa… Eu chorava dia e noite me culpando…

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Eu sou fono sim… Mas não se culpe não…. a melhor forma de vc ajudar é pesquisar, ler sobre o assunto, conversar com outras mães e buscar ajuda de um profissional

 

Dani Nascimento: Entendo… Vou dar um tempo de ler tanto sobre o assunto pq já tô ficando meio confusa principalmente pq nos artigos falam que não devemos conversar com eles sobre o assunto quando são tão pequenos. Mas penso como vc. Que vejo que ela já percebeu e não acho legal não dizer a ela que quero ajudá-la, que tô ao lado dela, que percebo que ela tá com dificuldade

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Exatamente Dani. Essa informação não é minha… ela também está na literatura escrita por um dos caras mais feras no assunto. O William Perkins diz que quando a criança percebe a gagueira a começa a reagir a ela com força, movimento do corpo, ficando frustrada, chorando, etc… já é hora de agir. independente da idade. A minha filha tinha 2 anos e 6meses quando a gagueira apareceu. E veio muito forte. Eu também esperava ela dormir para sentar no chão da sala e chorar. Hj ela continua gaguejando mas lida super bem com o problema. A minha filha do meio também, a mesma coisa. Vc assistiu aquele vídeo da Oficina de Fluência?

 

Dani Nascimento: Elas fazem terapia e fono desde pequenininhas? Li que quando é apenas uma disfluência as crianças não tem essas reações com o corpo, já na gagueira sim. Minha filha já demonstra… vai baixando os olhos, quer falar só no ouvido ou enfia o rostinho na minha perna e se irrita se eu falo: filha.. Não precisa se esconder… Fala olhando pra mamãe que eu te entendo… É horrível essa sensação de ver que somos impotentes em certo ponto. Quero muito acreditar que seja só uma fase. Mas se não for espero que ela lide tão bem com isso quanto as suas meninas. Hoje chorei na escola pq fiquei imaginando ela com vergonha de se comunicar lá. Querendo falar no ouvido da tia ou ficando nervosa com a situação e eu sem estar junto para ajudá-la. Juro que até pensei em não levá- la mais pra escola até ela melhorar.

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Dani, o fato dela fazer força, fechar os olhos, só nos mostra que ela tem consciência. Isso não é preditivo de cronicidade, ou seja, crianças que gaguejam muito podem recuperar espontaneamente também. As crianças lidam com essas diferenças bem melhor do que a gente. Não se preocupe. Vá seguindo o seu coração e converse bastante com ela. Vc vai ver como vai ser bom. Depois me conta.

 

Dani Nascimento: Vc é uma querida. Deus te abençoe por todo apoio e atenção que me deste. Deus colocou vc no meu caminho. Obrigada de todo coraçao

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Dani, costumo dizer que aqui na minha casa todo mundo tem gagueira. Alguns tem na boca e outros tem no coração

 

Dani Nascimento: Kkkkk verdade. Um bjo bem grande. E ainda vou te aperrear mto viu? bjosss

 

DANIELA ZACKIEWICZ: kkkk pode aperrear

 

15 de abril de 2015 09:44

Dani Nascimento: Oi Dani…Bom dia! Passando para te dar notícias da minha pequena. Uns dois dias depois da ultima vez que nos falamos, a gagueira dela sumiu por completo, fiquei extremamente feliz e muito aliviada. Passou uma semana inteira super bem, só que de segunda feira pra cá voltou a gaguejar novamente só que bem menos que da primeira vez. Na semana que ela ficou bem da gagueira ela acabou faltando aula a semana toda pq teve essa virose tipo dengue. Agora que voltou a ir pra escola ta gaguejando mais. Ainda não percebi se tem alguma relaçao com a escola, mas procurei saber lá com eles e na salinha dela não há nenhuma criança com gagueira porem falam muito pouco…as professoras deixaram bem claro pra mim que ela era a criança que melhor falava na sala de aula. Estou preocupada ainda porém mais calma que da primeira vez, estou observando e já falei com uma terapeuta pra dar uma avaliada nela. Enfim… Vamos ver quanto tempo dura desta vez, se vai ficar indo e voltando ou se some de uma vez. Espero q esteja td bem por aí com vc e suas meninas. Fica com Deus.. bjosss

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Oi Dani! Que bom ter notícias de vcs!! Continue observando e dando apoio a ela! Beijosss

 

Dani Nascimento:  Pode deixar Dani… Estou ao lado dela sempre. Quando a preocupação aumentar ou eu perceber alguma piora eu te digo tá? Vou precisar muito das tuas instruções.

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Conte comigo

 

28 de abril de 2015 10:06

DANIELA ZACKIEWICZ: Dani, tudo bem? Como está a sua filha?

 

Dani Nascimento: Oi Danii, bom dia! Ela agora tá melhor, pois teve uma broncopneumonia, ja ta a 8 dias no antibiótico.Graças a Deus melhorou. Quanto a gagueira, ela na semana passada passava dias gaguejando e outros sem gaguejar. Mas está agora a 5 dias sem gaguejar nenhuma palavra. A 5 dias falando extremamente bem

 

DANIELA ZACKIEWICZ: que fofa!!!! Dani, estou escrevendo um post no site da Oficina de Fluência e pensei em usar a sua pergunta que vc fez no face…. É que muita gente acaba passando pela mesma situação que vc e achei que seria legal deixar registrado para que outras mães pudessem ler

 

Dani Nascimento: Haa Claro! Pode usar sim.. Estamos aqui pra isso mesmo pra nos ajudarmos.Outra mães devem estar passando por essa angustia

 

DANIELA ZACKIEWICZ: obrigada

 

Dani Nascimento:  E seus esclarecimentos foram cruciais para que eu entendesse as coisas melhor e me acalmasse um pouco

 

DANIELA ZACKIEWICZ: Por nada… Se eu puder ajudar em mais alguma coisa, pode contar comigo. Super beijo pra vc e pra sua linda

 

Dani Nascimento: Outro enorme pra vc Dani

 

—————-Fim da conversa no bate-papo—————–

 

Para as mãe que quiserem conversar com a gente:

 

DANIELA ZACKIEWICZ

https://www.facebook.com/daniela.zackiewicz

 

Dani Nascimento

https://www.facebook.com/dani.nascimento.752

 

———————————————————————-

 

https://www.facebook.com/oficinadefluencia

 

 

Relacionados

1 Comment

  • Posted 10 de May de 2015

    Bel Vicari

    Achei fantástico as famílias terem este canal para tirar dúvidas e se sentirem amparados com o tema Gagueira .
    Parabéns mais uma vez para a Oficina de fluência.
    Bj

Deixe seu comentário